Actividades

O GIFA deseja a todos um Feliz Natal e um Excelente 2019!

Cumprimentos Aquáticos 

O GIFA estará presente no Congresso Mundial de Fisioterapia da WCPT que decorrerá dos dias 10 a 13 de Maio de 2019, em Genebra (Suiça), sendo representado pelo Fisioterapeuta César Sá, o qual será novamente o Chair da Networking Session da Aquatic Physical Therapy, dia 11 de Maio. Quem estiver interessado, basta aceder ao site https://www.wcpt.org/wcpt2019 onde podem aceder ao programa do congresso e inscrever-se.

Nos dias 17 e 18 de Novembro as 4ªs Jornadas de Fisioterapia Aquática do GIFA, no Centro de Medicina de Reabilitação de Alcoitão (CMRA). Com grande adesão de Fisioterapeutas e inclusive alunos de 4º ano de Fisioterapia, no dia 17 (sábado) foram realizadas diversas comunicações sobre a evidência mais recente e as boas práticas ao nível da Fisioterapia Aquática, foram apresentados novos métodos de avaliação e intervenção, e abordadas algumas áreas específicas da Fisioterapia Aquática bem como a forma de intervir nas mesmas. Por fim foram apresentados alguns métodos complementares de intervenção em meio aquático. A apresentação dos posters e das comunicações livres enriqueceu também a partilha nestas Jornadas.

No dia 18 (domingo) foram realizados 11 workshops na piscina do CMRA,  tendo-se criado um ambiente de boa disposição com a participação de todos e onde a troca de ideias e experiências foi uma constante, tendo sido muito enriquecedor.

Queremos agradecer a todos os preletores e formandos pela presença e pelo interesse nesta área tão importante da Fisioterapia.

     

A APFISIO foi promotora do I Congresso de Fisioterapia do Atlântico, que decorreu na Lagoa, ilha de São Miguel, de 9 a 11 de Novembro e contou com a presença de fisioterapeutas do continente, Açores, Madeira, Cabo Verde e Canárias.

O evento constituiu um espaço de partilha de experiências profissionais, promovendo o convívio entre fisioterapeutas e especialmente a divulgação de uma fisioterapia efetiva, assente cada vez mais numa prática baseada em evidência. 

A nossa colega Andreia Rocha participou na Mesa 5 - Fisioterapia em Contextos Emergentes com o tema "Turismo de Saúde - O termalismo na Região Autónoma dos Açores" em co autoria com o colega Luís Miguel Cordeiro.

     

A WOTA 1 e 2 são dois instrumentos que foram desenvolvidos pela Fisioterapeuta Ruth Tirosh, com o objetivo de avaliar a adaptação mental do nadador e sua função no meio aquático, baseado no método de Halliwick. Numa área de intervenção do Fisioterapeuta de grande importância é fundamental objetivar e medir resultados. Nesse sentido, a validação destes instrumentos para a realidade portuguesa permite que os fisioterapeutas portugueses que trabalham em pediatria possam aferir os seus resultados e a evolução dos seus utentes. Este trabalho foi possível com o apoio dos vários elementos do GIFA e dos colegas que se disponibilizaram a participar nas várias etapas do processo de validação. Em particular, António Marques, Conceição Graça, Maria João Oliveira, Sara Malato, Sofia Cravosa, Mónica Miranda, Francisco Fortunato e os autores do estudo Sónia Vicente, Helena Murta, César Sá e Joana Oliveira. Os resultados foram apresentados em junho deste ano no 3º Congresso do Centro de Investigação Interdisciplinar Egas Moniz e o artigo com os resultados foi submetido para publicação.

Go to top
Template by JoomlaShine